CONTRIBUAEnvie sugestões de temas, propostas e comentários.

Programação

19/11, às 17h – DEBATE Professores indígenas na universidade pública

As universidades brasileiras estão abertas à produção de conhecimentos vinculados aos diferentes saberes que constituem a diversidade sociocultural brasileira e dos Povos Originários? Quando falamos em interculturalidade tratamos de diálogos entre saberes, interações horizontais e decoloniais? Será que as produções acadêmicas superaram as posturas etnocídas, epsitemicídas e/ou de desapropriações de saberes? São algumas das inquietações que procuraremos ponderar neste diálogo.

Casé Angatu – Universidade Estadual de Santa Cruz e Programa de Pós-Graduação Ensino e Relações Étnico Raciais da Universidade Federal do Sul da Bahia (PPGER-UFSB),

Monguetá mbaecuaba-eté: saberes Originários Indígenas & Conhecimentos Acadêmicos – Diálogos Interculturais Pertinentes? Casé Angatú

Joziléia Daniza Jagso Kaingang – Universidade Federal de Santa Catarina

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *