CONTRIBUAEnvie sugestões de temas, propostas e comentários.

Programação

28/10 – 19h – Diagnóstico da trajetória da exclusão digital no Brasil

Assista no Youtube: https://youtu.be/r0wXoIqIj04

No contexto do enfrentamento da COVID-19, o acesso e o uso da Internet tornaram-se ainda mais críticos, tanto para apoiar as medidas de distanciamento social quanto para a implementação de políticas públicas emergenciais em inúmeras áreas. A pandemia, contudo, evidenciou ainda mais a exclusão digital de parcela significativa da população brasileira. Dados da TIC Domicílios 2019, coletados em um período prévio à crise da COVID-19, mostram que a falta de acesso à Internet atinge uma a cada quatro pessoas no Brasil. Também persiste no país, entre os indivíduos que venceram a barreira do acesso, um segundo nível de exclusão digital – o uso da Internet exclusivamente por celular, por exemplo, está associado a um menor aproveitamento de oportunidades on-line, incluindo atividades culturais, pesquisas escolares, cursos a distância, trabalho remoto e utilização de governo eletrônico.

Entender a trajetória do acesso domiciliar e individual a tecnologias da informação e comunicação (TIC) no Brasil, bem como dos padrões de uso dessas tecnologias pela população brasileira, é fundamental para indicar caminhos para políticas que universalizem o acesso e promovam as habilidades digitais necessárias para um maior aproveitamento das oportunidades trazidas pela rede.

Fabio Storino é doutor em Administração Pública e Governo pela Fundação Getulio Vargas de São Paulo. É analista de informações do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br), departamento do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), onde coordena a pesquisa TIC Domicílios, pesquisa sobre o uso das tecnologias de informação e comunicação nos domicílios brasileiros.

Mediação: Jamile Santana – Mestranda no Programa de Pós-Graduação Diversitas em Humanidades, Direitos e Outras Legitimidades/USP e integrante do Grupo de Pesquisa “Temáticas, narrativas e representações árabes, africanas, asiáticas e sul- americanas e de comunidades diaspóricas” (FFLCH/USP/CNPq). 

Assista no Youtube: https://youtu.be/r0wXoIqIj04

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *